3º Festival Vaia Para Cultura


O Festival Vaia Para Cultura é um grande encontro que reúne artistas de várias linguagens e gerações, formando uma grande rede de saberes e trocas. O festival não tem caráter competitivo e sua programação será aberta para grupos, artistas e pesquisadores em artes de todo o país.


Nas duas primeiras edições, foram realizadas 28 apresentações com 26 grupos participantes, incentivando o potencial empreendedor dos grupos e profissionais atuantes na formação artística, por meio da realização de espetáculos, shows, oficinas e debates.


O festival tem grande interesse em fortalecer o cenário artístico local, possibilitando a inserção de trabalhos de grupos ou artistas independentes no mercado cultural, fomentando o surgimento de novas produções artísticas e incentivando o aparecimento de novos talentos, tornando o mês de janeiro atrativo para os artistas locais.


A abertura será realizada no dia 30 de janeiro, data em que se comemora um importante fato histórico ocorrido na cidade de Fortaleza em 1942. O Ceará estava sendo castigado por uma grande seca e exatamente nesse dia a cidade acordou com o céu totalmente nublado. A vibração foi geral, a população não sentia uma chuva fazia bastante tempo, mas a alegria de todos durou pouco, pois o toró virou neblina e logo os primeiros raios de sol apareceram timidamente, se escondendo entre as nuvens. Um gaiato que estava na Praça do Ferreira, no centro da cidade, não perdeu tempo, olhou para o sol e meteu-lhe uma vaia. A empolgação foi geral e de repente a gaitada tomou grande proporção, com a participação de dezenas de pessoas que passavam no local. Um repórter registrou o fato que rapidamente virou noticiário.


Esse ato irreverente dos cearenses, a vaia, deu nome ao festival. Um grito presente que não se escuta, mas com o poder avassalador de se comunicar. IIIIIIEEEEEEEIIIIIIIIRRRRRÚÚÚ... (eco)